quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Melhor rir para não chorar

O inc. IV do art. 5o da Constituição Federal prescreve que “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”
Hoje farei uso desse direito de me manifestar.
Ontem aconteceu algo que com certeza merece ser discutido por todos os brasileiros.
O nosso (infelizmente) presidente do Senado, Renan Calheiros foi absolvido no julgamento de cassação por 40 votos a 35.
Obviamente não podemos nos orgulhar de uma coisa dessas. Mais uma vez a impunidade reina na política brasileira. Mais uma vez nós eleitores não temos nem o direito de saber em quem nossos eleitos votaram, pois a votação foi sigilosa.
Pelo jeito todos nós temos estampado em nossas testas um PALHAÇO escrito em letras garrafais. É um absurdo o que grande parte dos nossos deputados e senadores fazem diariamente, roubando, participando de falcatruas, tratando aqueles que os elegeram como lixo. Se eles estão onde estão é graças ao povo brasileiro, graças ao trabalhador que passa 5 meses por ano trabalhando só para pagar impostos que servem não para o objetivo inicial, ou seja, educação, saúde, moradia, segurança (coisas também asseguradas no artigo 6o da Constituição), mas para pagamento de mensalões, pensões, etc.
E o que faz o povo brasileiro diante de tanta sujeira?Acaba se calando, por achar que não tem condições de lutar por seus direitos. Não é isso o que devemos fazer. Se nós os colocamos no Poder, também podemos lutar para tirá-los de lá.
José Renan Vasconcelos Calheiros chegou ao ponto alto do Senado, tem um dos cargos mais importantes do país e apesar das acusações de compras ilegais, de usar laranjas, de beneficiar a Schincariol após esta ter comprado uma empresa da família, continuará atuando como se nada tivesse acontecido.
Ouvidos pela equipe do Terra, 40 senadores disseram ter votado a favor da perda do mandato. Ou seja, absolvem o Renan e depois não são homens o suficiente pra assumir o que fazem.
Apenas 10 senadores assumiram que votaram contra a cassação. São eles:
Almeida Lima (PMDB-SE)
Epitácio Cafeteira (PTB-MA)
Euclydes Mello (PTB-AL)
Francisco Dornelles (PP-RJ)
Gilvam Borges (PMDB-AP)
Gim Argello (PTB-DF)
João Tenório (PSDB-AL)
José Maranhão (PMDB-PB)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Wellington Salgado de Oliveira (PMDB-MG)
Aloizio Mercadante (PT-SP) assumiu que se absteve da votação. Mais um que não honrou o voto dos seus eleitores. Se o elegemos foi para tomar posição diante dessas coisas, não para agir como um fraco.

Bem fez o senador Cristóvão Buarque que durante um discurso pediu que a votação de ontem fosse filmada, mesmo que precisasse ser guardada por 20 anos, do contrário seria um assassinato à história do Brasil. Palmas para esse homem que fez o que todos os brasileiros querem, que está cobrando um mínimo de respeito aos eleitores e à história.
Assim como disse o Ministro da Justiça Tarso Genro durante esta madrugada no Programa do Jô, o Brasil necessita de uma reforma política em no máximo 3 ou 4 anos, do contrário nunca sairemos dessa situação.
Ontem, Rosana Hermann, em seu blog Querido Leitor disse:

"Uma coisa eu digo:
- quem comprar a Playboy da Monica Velloso depois disso passa atestado de completo trouxa.
Só falta. Comprar a revista da ex-amante do Renan Calheiros.
Isso, vai lá.
Ajuda a coitadinha da jornalista a ficar um pouco mais rica.
Já que quando cai avião fecham o puteiro, quando o senador não cai a gente boicota a amante.
Não faz sentido

Ou seja, não devemos comprar a Playboy de Mônica Veloso como uma forma de mostrar nossa insatisfação com tudo isso. Pode ser uma coisa simples, que para muitos não faça sentido, mas se é essa a forma que temos para demonstrar nossa indignação, apóio totalmente a Rosana e assino embaixo nessa campanha.

3 comentários:

tatiana disse...

APOIADISSIMOOOOO!!!

(CARACA, AGORA VC PARECEU UM ADVOGADO!HAUAHAUAHAU)

Mariana disse...

Vc tem razão, infelizmente nossos senadores não são homens o suficiente pra assumir o que fazer :-(

Viviane disse...

é incrivel... entra ano, sai ano e sempre temos basicamento os mesmos problemas com a politica. E não vemos uma solução, uma atitude de verdade p acabar com essa palhaçada! E o mais incrível ainda, é que por mais filha da puta que o cara seja, passado um ano, ou até alguns meses, o próprio povo que é o q sofre as consequências... esquece o acontecido e coloca o tal ditocujo denovo p ser senador, governador, secretário de num sei o q... e blá blá blá! nossa... sera que ainda tem saida p nosso país? Bom, na minha insignificante opnião acho que precisamos acordar urgente! Se não vamos p beleléuu...
apoiada a tal campanha... não vou comprar a playboy dessa mocréia!
e se souber alguém que esteja pensando em comprar, eu com minhas abilidades de jiu-jiteira, dou logo um jeito!
rs*